menu

Review: Doutor Estranho

O mais novo longa da Marvel e último filme de super-heróis do ano prometia intrigar o público e apresentar uma nova realidade e Universo muito mais expandido para nossos heróis, e de certa forma cumpriu o que prometia.

Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) é um renomado cirurgião, rico, bem sucedido e egocêntrico, que apenas aceita casos complicados que não manchem a sua carreira.  Ao sofrer um grave acidente de carro, Stephen perde o controle sobre o movimento de suas mãos e parte em busca de uma recuperação. Mesmo tentando as mais modernas e caras cirurgias, a recuperação se mostra improvável, o que o faz seguir até Kamar-Taj onde supostamente uma pessoa tetraplégica foi curada. Porém, ao invés da cura, Stephen aprende muito mais sobre o Universo e outras dimensões.


O filme é definitivamente o mais adulto da Marvel, tratando de morte, violência e auto-conhecimento, além do tão falado Multiverso que pode ser algo complicado para os mais jovens absorverem. Apesar disso, o filme se mantém com a mesmo fórmula de outros filmes da Marvel, que apresenta algo pesado para depois aliviar a tensão com uma piada ou musiquinha divertida. Apesar disso, as piadas não chegam a ficar fora de tom, em geral elas refletem a personalidade do protagonista e seu desconforto diante de todo aquele conhecimento novo, já que até então Stephen achava que sabia de tudo e não acreditava em poderes mágicos, espiritualidade e tudo mais.


Doutor Estranho é muito focado em si mesmo e não se preocupa em fazer grandes conexões com os Vingadores ou outros filmes da Marvel, embora essa conexão já esteja bem encaminha. Somos apresentados a mais uma Joia do Infinito, que só precisa ser citada para fazer sentido, e uma cena pós-créditos faz todo o trabalho necessário para colocar Stephen Strange dentro do universo dos Vingadores.

Sobre a Anciã, rolou muita polêmica quando Tilda Swinton foi escalada para o papel, pois o Ancião original é um homem, daqueles com ar asiático e barba branca, típico mestre de uma arte milenar que se encontra no topo de uma montanha. A atriz ficou ótima no papel e seu gênero de nada influenciou na trama ou em sua personalidade, quebrando esse esteriótipo que acabei de citar. 
Benedict também está ótimo no papel, além de apresentar bem aquele ar arrogante, porém cômico em certos momentos, ele também dá muita carga emocional ao personagem em seus momentos dramáticos, o que ajuda muito o tom do filme a parecer mais sério. Sem contar que ele é a cara do personagem!


Dos efeitos, não há o que dizer, são lindos e vale completamente o ingresso para 3D ou IMAX, com destaque para a Dimensão Negra, que é escura e ameaçadora e ao mesmo tempo linda, com cores brilhantes e vivas (e um roxo mara!), visualmente não seria um lugar tão ruim para ficar em loop infinito.
Além disso, uma coisa que chama a atenção, e que eu definitivamente não esperado se destacar, é a trilha sonora. Ela lembra levemente Guardiões da Galáxia, que tem sua trilha de ação, de momentos mais dramáticos mas que ao longo do filme apresenta músicas bem diferentes, até meio breguinhas para as cenas de humor.


Em resumo, um ótimo filme. Visualmente lindo, com ótimas atuações e que mostra como o universo cinematográfico da Marvel pode amadurecer. Estamos torcendo!

6 comentários:

  1. Oi, Karina.
    A fotografia desse filme realmente está maravilhosa.
    Eu fiquei com vertigem em algumas cenas haha.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha sim é verdade, tem umas horas que dá até pra ficar tonto, mas é muito bonito.
      Obrigada pela visita! Beijos o/

      Excluir
  2. Tão bom te ver por aqui novamente, Karina. ^^
    Eu vi este filme semana passada e nem esperava gostar tanto assim dele pois não conhecia nada do personagem (só o nome mesmo) mas o filme me surpreendeu tanto. Foi um dos mais interessantes que eu vi da Marvel. Fiquei com muita vontade de ler aqueles livros raros e conhecer mais sobre o multiverso. (hehehe)
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora! Pois é, eu fiquei um tempo sumida por causa de trabalho e também tive uns problemas com o blog, as minha postagens simplesmente não apareciam! Mas agora tá tudo bem de novo ^^

      Eu também me surpreendi com o filme, quero virar Maga Suprema hahaha
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi bom dia,gostei muito do seu blog, gostaria de te pedir tambem para estar seguindo meu blog:http://redetelenova.blogspot.com.br/
    Seguir:blogger.com/follow.g?view=FOLLOW&blogID=728384867269650044 …
    já estou te seguindo abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! Que bom que gostou do blog.
      Pode deixar que vou fazer uma visita sim ^^
      Abraço! o/

      Excluir